Blog

Astrologia Horária – O Campeão 2018

Postado por:

A pedido de muitos leitores, apresentamos um estudo sobre o campeonato de futebol em Portugal, época de 2017-2018, com base na Astrologia Horária. Este artigo tem um objetivo pedagógico e não preditivo. Pretendemos ilustrar como certas variáveis e contextos reais podem estar simbolizados num mapa astrológico.

Notas prévias:

  1. Uma vez que nos três anos anteriores, apresentámos estudos com meses de antecedência sobre o possível campeão nacional de futebol (O Campeão 2015; O Campeão 2016; O Campeão 2017  – que coincidiram com o desfecho final – é legítimo que tantos leitores nos tenham pressionado para publicar algo semelhante este ano, embora as nossas prioridades pedagógicas não estejam relacionadas com o futebol.
  2. Esta opinião, que é apenas isso – um parecer baseado nalgumas conjeturas astrológicas  – foi divulgada no início de Janeiro de 2018, numa palestra ao vivo e num vídeo sobre 2018 . E mantém-se a mesma desde essa altura.
  3. Contudo, a opinião foi baseada em mapas calculados para uma altura precoce do campeonato (início de época) que é plausível espelharem apenas tendências, não respostas absolutas. Pretender uma resposta definitiva seria acreditar que o campeão estaria encaminhado com quase um ano de antecedência, o que viola a lei do livre-arbítrio, em certa medida.
  4. Assim sendo, a leitura deve ter em consideração esse fator – que não se baseia em mapas horários mais recentes e que já incorporem certas alterações / decisões dos agentes – mas sim em mapas de princípio de época. Assim sendo, a leitura responde à questão “Qual o principal candidato à vitória final, segundo a Astrologia Horária, quando estamos ainda no início e meio de época?”
  5. O parecer sustenta-se em 2 mapas horários diferentes que parecem apontar na mesma direção, sendo o segundo mapa questionado para uma altura já mais recente (passados 4 meses depois do início oficial de época)
  6. Sublinha-se que no momento da publicação deste artigo os três candidatos principais – Porto, Benfica e Sporting – se encontravam separados por apenas 2 pontos, sendo perfeitamente natural que qualquer deles pudesse ser campeão. O Benfica e Sporting aproximaram-se do Porto nas jornadas anteriores, estando o campeonato renhido como nunca.
 

MAPA HORÁRIO 1:

Pergunta de início de época, colocada por uma benfiquista: “Quem será o Campeão português da época 2017-2018?”

Dados: 6 Agosto 2017, 17h29, Lisboa

O BENFICA

Tendo sido uma benfiquista a colocar a questão, podemos assumir como hipótese que a Casa 1 – Sagitário – e o seu regente, o planeta Júpiter, representam o Benfica. A hipótese é confirmada porque:

– Sagitário é um signo vermelho;

– Zeus / Júpiter, é rei do Olimpo e trata-se do maior clube português

– a águia era o animal favorito de Zeus/ Júpiter

-Júpiter é um astro benéfico o que também ressoa com o próprio nome “Ben-fica”

-Júpiter está no Meio-do-Céu , o ponto mais alto do mapa (embora afastado alguns graus), o que faz sentido por ser o atual campeão e dos últimos anos.

Secundariamente, a Lua é co-significadora da querente e do Benfica porque está no início de Aquário, conjunto à estrela da Águia- Altair.

O troféu será representado pelo regente da Casa 10, que abre em Balança, ou seja, Vénus. Júpiter (Benfica) está ao serviço de Vénus-campeonato e Vénus exalta Júpiter, por estar em Caranguejo, ou seja, tem alta expectativa sobre o desempenho deste. Vénus está associada também ao número 5 (forma uma estrela de 5 pontas no céu) e o Benfica almeja o “Penta-campeonato”.

A recepção mista entre Vénus e Júpiter, bem como a posição angular deste, seriam grandes condições para o Benfica poder revalidar o título e conseguir um bom lugar. Mas ainda não seriam argumentos suficientes.

Os argumentos contra o Benfica ser campeão são:

-a posição de Saturno retrógrado no Ascendente: indicadores de um mau início de campeonato e esforço

-a aplicação da Lua (Benfica) a uma oposição a Marte, na Casa 8 (indicador de perdas) – a 9 graus de distância – e que podem corresponder aos 9 meses até ao fim da época (exatamente, Abril/ Maio de 2018 – quando temos os dois grandes jogos entre o Benfica e os seus rivais, Porto e Sporting)

– Vénus (campeonato) aplica-se por sextil a Mercúrio (rivais), estando na casa deste (casa 7) sendo o argumento mais forte para que um dos adversários do Benfica seja o próximo campeão

Posto isto, ou seja, o facto de haver mais argumentos contra o Benfica do que a favor, resta-nos identificar quem será Mercúrio, o significador do principal vencedor.

 

OS RIVAIS

A questão aqui é mais complexa porque existem argumentos válidos para que tanto o Porto como o Sporting possam ser significados por Mercúrio, o futuro campeão.

O outro astro candidato será, à partida, o planeta Marte que é o governante do 4º ângulo do mapa, o Fundo-do-céu. Assim, teremos os regentes dos quatro ângulos a representar a disputa em causa: o título – regente da Casa 10; o candidato nº 1 – regente da Casa 1 (Ascendente); o candidato nº 2 – regente da Casa 7 (Descendente) e o candidato nº 3 – regente da Casa 4 (Fundo-do-Céu).

Argumentos para o Sporting ser Mercúrio:

– a pessoa que recebeu a pergunta é Sportinguista e virginiano, pelo que este astro pode representar ambos (o Sporting e o astrólogo, na Casa 9 – das profecias)

-é um astro colocado mais a sul do que Marte (e o Sporting tem sede mais a sul que o Porto)

-o Fundo-do-Céu, por ser o ângulo mais a norte pode representar o clube candidato mais a norte

– a Lua aplica-se a 9 graus / 9 meses por oposição a Marte e é nessa altura (Abril) que o Benfica joga com o Porto (sendo um argumento para o Porto ser Marte)

-o nome Sporting é um estrangeirismo estando Mercúrio na Casa do estrangeiro

Argumentos para o FC Porto ser Mercúrio:

– O Porto foi o único clube que mudou de treinador, vindo do estrangeiro, estando Mercúrio num signo mutável (e Marte num signo fixo – mesmo treinador)

– Mercúrio é o 2ª astro mais elevado, o único dignificado essencialmente, e regente do 2º ângulo – indicado para um clube que era o 2º nas apostas e que foi o 2º do anterior campeonato conseguindo acesso direto à liga milionária

– o Porto foi também campeão 10 anos antes e Mercúrio está a 10 graus na sua exaltação e domicílio

– Marte está em Leão, podendo representar o clube do Leão,o Sporting (e que manteve treinador – signo fixo)

– o grau do Fundo-do-Céu (14º40 de Carneiro) está associado à traição, e Jorge Jesus pode representar esse papel, pela forma como saiu do Benfica para o Sporting

-Vénus aplica-se a 1º20′ de Mercúrio (que está lento) podendo isto corresponder a 1 mês e meio a partir do qual o Porto assumiu a liderança isolada do campeonato

Assim sendo, embora à tangente e não esclarecendo totalmente, este mapa sugere maiores probabilidades para o Porto que Sporting. Vejamos, então, um último mapa com a esperança que nos possa esclarecer um pouco mais.

 

MAPA HORÁRIO 2:

Pergunta colocada por um sportinguista – “O Sporting vai ganhar alguma coisa esta época ?”

Dados: 28 Dezembro 2017, 12h58, Lisboa

A pessoa que colocou a questão, sendo do Sporting estava com alguma esperança que o seu clube pudesse ganhar algum troféu este ano, em particular, o campeonato. Mas pelo menos, que fizesse boa época.

Tanto Marte com a Lua – significadores do Sporting e do querente – estão em posição fortíssima. Marte está domiciliado e angular; a Lua está exaltada e angular. Ambos aplicam-se a benéficas: Marte aplica-se a uma conjunção com Júpiter (a 6 graus da perfeição) e a Lua a um trígono a Vénus (a 20′ da perfeição).

Portanto, a resposta à pergunta – se o Sporting ganha alguma coisa / troféu este ano e se a época vai valer a pena – é claramente positiva. Pode ganhar um ou dois troféus. Mas será que algum deles é o campeonato?

Relembro que na altura em que foi colocada a questão o Sporting disputava os seguintes troféus:

– Campeonato nacional

-Taça de Portugal

-Taça da Liga

-Liga Europa

Entretanto, depois da questão ser posta e antes da publicação deste artigo, o Sporting já ganhou a Taça da Liga.

O que representarão os astros? O campeonato será representado por Saturno em Capricórnio, regente da Casa 10 e domiciliado. O Sol pode representar outros oponentes (como o líder do campeonato na altura da questão – o Porto – ou o atual campeão – o Benfica).

Vénus representará provavelmente a Taça da Liga por ser benéfica menor, combusta e ao serviço da Liga (Saturno). O aspeto com a Lua era quase imediato, e o Sporting ganhou este troféu passado um mês.

Mercúrio pode representar outros adversários.

Resta então Júpiter – uma benéfica e troféu –  que pode representar algum destes prémios: 2º lugar da Liga e acesso ao play-off da Liga dos campeões; Taça da Portugal; Liga Europa (ou boa prestação nesta).

Atendendo a que o Sol (adversários) se dirige por conjunção ao Meio-do-Céu (vitória) a cerca de 4/5 graus (podendo corresponder a 4/5 meses – fim de época) é plausível que seja um dos adversários a conquistar o campeonato (mesmo que Saturno exalte Marte e forme uma semi-quadratura aplicativa com este astro – embora depois do Sol chegar ao MC).

Portanto, a resposta à questão do sportinguista: sim, será uma boa época para o Sporting podendo conquistar um a dois troféus embora nenhum deles pareça ser o campeonato.

 

CONCLUSÃO:

Para mapas horários de início e meio de época faria mais sentido a vitória do FC Porto no campeonato 2017-2018.

Porém, estas interpretações não integram informação mais recente e, por isso, quem estiver interessado poderá fazer análises horárias jogo a jogo, mais fiáveis para resultados de jogos em concreto, em especial, os derbys. Os último jogos parecem ser, de todo o modo, decisivos. E qualquer dos três pode sair vencedor final, embora com menos pendor para o Benfica.

Assim, eu diria que as probabilidades serão aproximadamente estas: 36 % Porto; 33 % Sporting; 30 % Benfica

Para que o Porto seja campeão, terá que manter-se sempre no topo da tabela até ao fim, sob risco de perder o título.

Caso Benfica ou Sporting sejam vencedores finais, constatamos que os métodos horários conservadores e com muito tempo de antecedência são mais ambiciosos e discutíveis. Contudo, nenhum dos aspetos de perfeição acontece por quadratura ou oposição – indicador de haver menos preponderância do livre-arbítrio.

Relembramos que este exercício é meramente de aprendizagem, de treino e de exemplo de aplicação da Astrologia num contexto real, estando sujeito a erro.

De todo o modo, que vença o melhor .

Abraço

João Medeiros

Lisboa, 9 de Fevereiro de 2018

(artigo publicado a 13 jornadas do fim, com 39 pontos por disputar, numa altura em que a diferença pontual entre os três primeiros é de apenas 2 pontos – tendo o Porto “meio-jogo” a menos – e tendo o Benfica recuperado de uma diferença de 5 pontos nos últimos 2 meses )

 

Artigos anteriores relativos ao campeonato português:

O CAMPEÃO 2015 

O CAMPEÃO 2016

O CAMPEÃO 2017

 

0

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o Ebook - 7 Mantras de Consciência , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça os seus Mantras Pessoais
  • Crie uma Nova Realidade na Sua Vida
  • Saiba Quais os Seus Dias mais Fortes da Semana
  • Conecte-se com o Seu Melhor Potencial